Sábado 7 Muharram 1446 - 13 Julho 2024
Portuguese

Quando uma substância aplicada no corpo é considerada uma barreira impermeabilizante durante a prática do Wudhu?

Pergunta

Quero saber como posso distinguir entre a maquiagem que impermeabiliza a pele ao fazer o Wudhu e aquela que não tem esse efeito. Eu sei que aquilo que forma uma camada, como o esmalte por exemplo, impede que a água chegue à pele, mas existem preparações cosméticas que não impermeabilizam; ao contrário, são em grande parte oleosas, como batom e base cremosa. Isso impede que a água chegue à pele? Será que tudo o que é à prova d'água – esses tipos não podem ser removidos apenas com água, exceto com dificuldade – impede que a água atinja a pele durante o Wudhu, como li em algumas salas de bate-papo? Os pós não impedem que a água chegue à pele, como os pós usados nas bochechas e nas sombras? Existe uma maneira prática de distinguir entre os dois tipos?

Resumo da Resposta

Conclusão: as substâncias que impedem que a água chegue à pele são substâncias que possuem “massa” e geralmente são impermeáveis, por isso não se dissolvem e não são removidas ao colocar água sobre elas.

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar:

É fundamental que a água chegue a todas as partes do corpo que serão lavadas durante o Wudhu. A evidência disso na Sunnah inclui o seguinte:

Foi narrado por Khaalid ibn Ma'daan, de um dos Companheiros do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) viu um homem rezando, e na parte de trás do seu pé havia uma mancha do tamanho de um dirham, onde a água não havia alcançado, então o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) o instruiu a repetir seu Wudhu e sua oração.

Narrado por Abu Dawud (175); classificado como sahih por al-Albani em Irwaa’ al-Ghalil (1/127).

Os quatro madhhabs do fiqh concordam que, para que o Wudhu seja válido, é essencial remover tudo o que possa impedir que a água atinja as partes do corpo que serão lavadas.

Veja: al-Mawsu’ah al-Fiqhiyyah (43/329).

Em segundo lugar:

A definição das substâncias que impermeabilizam a pele é baseada na observação da vida real. Os estudiosos ponderaram sobre este assunto e concluíram que as substâncias são de dois tipos:

  1. Substâncias que possuem “massa”, ou seja, permanecem em forma de camada, portanto quando são colocadas no corpo permanecem como estão, formando uma massa integral, podendo ser removidas por descascamento ou limpeza.

Exemplos disso incluem substâncias cerosas e tintas. No que diz respeito às substâncias que possuem massa:

  • Não são à prova d'água, como alguns tipos de maquiagem e pós. Neste caso, ao fazer o Wudhu, basta esfregar bem a pele, até que se pense que a água atingiu a pele.

Shaikh al-Islam Ibn Taimiyah (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

No que diz respeito a esfregar o corpo ao fazer ghusl ou esfregar as partes do corpo que devem ser lavadas ao fazer Wudhu, isso é obrigatório se não se sabe ao certo se a água chegará onde deveria sem esfregar, como no caso de camadas internas de pelo/cabelo espesso. Mas, se a água chegar onde deveria sem esfregar, esfregar é mustahabb (aconselhável)…

Por meio da fricção consegue-se uma limpeza adequada e pode-se ter a certeza de ter feito a água chegar a todos os lugares que deveria, o que é obrigatório. Por isso é prescrito, como no caso do takhlil, esfregando entre os dedos ao fazer Wudhu." (Sharh ‘Umdat al-Fiqh 1/367-368).

Shaikh Ibn ‘Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

O que é necessário ao fazer Wudhu e ghusl é garantir que a água chegue a todas as partes do corpo que devem ser purificadas. Quanto a esfregar, não é obrigatório, mas pode ser imprescindível quando houver necessidade, como se a água estiver muito fria, ou se houver vestígios de óleo, tinta e similares naquela parte do corpo. Nesse caso, é imprescindível esfregá-lo, para se certificar que a água atingiu todas as partes do corpo que devem ser purificadas.” (Fatawa Nur ‘ala ad-Darb 3/94).

  • Essa substância pode ser à prova d'água, como no caso de alguns tipos de maquiagem. Nesse caso deve ser removida antes de fazer o Wudhu, para garantir que a água alcance a pele ao fazê-lo.

An-Nawawi (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Nossos companheiros disseram: Se a pessoa colocar gordura, cera ou massa nas rachaduras dos pés, ou aplicar henna neles, e a “massa” ou substância permanecer ali, deve-se retirá-la, porque ela impede que a água chegue à pele." (Al-Majmu’ 1/426).

  1. Substâncias que não possuem “massa”, ou seja, não formam camada; ao contrário, são absorvidas pela pele quando colocadas no corpo. Nada resta delas; entretanto, podem deixar vestígios como a cor, por exemplo.

Os exemplos incluem a maioria dos cremes e óleos, vestígios de kohl e henna e assim por diante. A presença da substância não invalida o Wudhu, mas se a substância for gordurosa ou oleosa, então quem está se purificando deve esfregar bem a pele, até achar que é mais provável que a água a tenha atingido.

Shaikh Ibn ‘Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Mas se o óleo não tem “massa” e só deixa vestígios nas partes do corpo que vão ser lavadas, então isso não importa. Mas neste caso é fundamental que o indivíduo passe a mão nessa área, porque normalmente o óleo repele a água, então talvez não alcance toda a superfície que ele está lavando.” (Majmu’ Fatawa Ibn 'Uthaymin 11 /147).

E Allah sabe mais.

A Fonte: Islam Q&A