Sexta-feira 6 Muharram 1446 - 12 Julho 2024
Portuguese

Se alguém está fazendo wudhu' e interrompe para abrir a porta, ele tem que repetir o wudhu'?

Pergunta

Antes que alguém terminasse seu wudhu', a campainha tocou e ele foi abrir a porta, e disse para a pessoa que entrou: Espere até eu fazer o wudhu'. A questão aqui é: ele deve completar seu wudhu' ou deve começar tudo de novo?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

A resposta a esta pergunta é baseada na definição do que significa fazer as ações do wudhu' consecutivamente e se isso é uma condição para o wudhu' ser válido.

Aqueles que dizem que fazer as ações consecutivamente é uma condição para que o wudhu' seja válido divergem sobre o que exatamente significa fazê-las consecutivamente e a duração da interrupção que poderia invalidar o que o indivíduo já fez do wudhu'.

Os Hanbalis (que Allah tenha misericórdia deles) eram da opinião de que o que significa fazer as ações do wudhu' consecutivamente é que o indivíduo não deve atrasar a lavagem de qualquer parte por tanto tempo que a parte que foi lavada anteriormente seque, dentro de um intervalo de tempo médio.

Al-Mirdaawi (que Allah tenha misericórdia dele) disse em al-Insaaf (1/141) sobre fazer as ações do wudhu' consecutivamente: Significa não atrasar a lavagem de qualquer parte por tanto tempo que a parte que foi lavada antes fique seca. O que se quer dizer é: dentro de um intervalo de tempo médio.

Esta é a visão do madhhab, e é a visão da maioria de nossos companheiros.

A segunda visão é que fazer as ações do wudhu' consecutivamente deve ser baseado no costume. Portanto, tudo o que é habitualmente considerado como uma interrupção muito longa é a interrupção que quebra a sequência, e tudo o que é habitualmente considerado como uma interrupção não muito longa não afeta a sequência. Esta visão foi narrada pelo Imam Ahmad (que Allah tenha misericórdia dele).

O autor de al-Insaaf (1/141) disse: E foi narrado por ele – ou seja, Imam Ahmad – que a duração da interrupção deve ser baseada no costume. Fim da citação.

Shaikh Ibn ‘Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) disse: “Um dos estudiosos disse – e foi narrado por Ahmad – que com relação à interrupção, o que importa é o que costuma ser considerado uma interrupção longa, não a secagem de membros, pois as partes do corpo devem ser lavadas uma após a outra. Portanto, se as pessoas disserem que este homem não separou as ações do wudhu’, ao invés disso, ele o fez continuamente, então é considerado como tendo feito as ações consecutivamente. Os estudiosos levaram em consideração o costume e a tradição em relação a muitas questões.

Mas pode ser difícil definir o intervalo de tempo com base no costume, portanto, conectar a decisão à secagem dos membros é uma definição mais clara.” (Ash-Sharh al-Mumti' 1/193).

O que é mencionado na questão de simplesmente abrir a porta e afins não é considerado como uma interrupção que anularia a realização das ações consecutivas, independentemente de seguirmos a primeira ou a segunda visão ao definir o tempo que é considerado como anulando a realização das ações sequenciais. Isso porque abrir a porta geralmente leva pouco tempo, então o indivíduo pode retomar seu wudhu' sem que nenhum dos membros que ele já lavou seque.

Mas, se ele estiver distraído por outra coisa que o leve a uma longa interrupção, então, neste caso, ele deve começar seu wudhu' novamente.

E Allah sabe mais.

A Fonte: Islam Q&A