Terça-feira 18 Muharram 1444 - 16 Agosto 2022
Portuguese

É permitido que se quebre o jejum porque o trabalho é difícil?

Pergunta

Vivemos em um país ocidental, que não dá importância ao jejum e às pessoas que estão jejuando. Meu marido está trabalhando há um ano para concluir seu último ano na área de farmácia, e esse trabalho faz parte de seus estudos do último ano, ou seja, um ano de trabalho prático na área. O problema que estamos enfrentando é que o trabalho dele é longe, uma hora de carro, e o local onde ele trabalha está lotado de pacientes. Meu marido começou a sentir tonturas e dores de cabeça durante o trabalho, e ele passou a administrar de forma errada os remédios aos pacientes. Agora ele está pensando em não jejuar por essa razão, mesmo que a distância de casa ao trabalho seja inferior a 48 milhas, que vocês mencionaram em uma de suas respostas. Mas a viagem leva uma hora indo e outra hora voltando, e a jornada de trabalho é de doze horas sem parar. É permissível para ele não jejuar baseado no fato de que ele irá repor esses dias depois de terminar este último ano?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

O jejum é um dos pilares do Islam estabelecidos pelo Alcorão e Sunnah e pelo consenso da ummah. Não é permitido ao muçulmano quebrar o jejum sem uma desculpa shar'i legítima, como doença ou viagem. Uma pessoa pode experimentar grandes dificuldades durante o jejum, mas deve ser paciente e buscar a ajuda de Allah. Se uma pessoa fica com sede durante o dia no Ramadan, não há nada de errado em derramar água sobre a cabeça para se refrescar ou enxaguar a boca com água. Se sua sede lhe causar muito dano ou se houver o medo que a pessoa morra de sede, então é permitido que ela quebre o jejum, mas ela deverá compensar este dia mais tarde.

Porém, se seu trabalho é a causa da dificuldade que está enfrentando, esta não seria uma razão aceitável para quebrar o jejum, caso você possa tirar uma licença durante o Ramadan, ou possa reduzir sua carga de trabalho durante este mês, ou ainda, caso possa mudar seu trabalho para algo mais fácil.

Os estudiosos do Comitê Permanente para Emissão de Respostas (fatawa) disseram:

É bem conhecido no Islam, e nenhum muçulmano tem desculpa para não saber, que o jejum no mês de Ramadan é obrigatório para todo muçulmano adulto, e é um dos pilares do Islam. Todo muçulmano adulto deve se esforçar para jejuar neste mês, em obediência à ordem de Allah, na esperança por Sua recompensa e temor por Sua punição, sem negligenciar seus assuntos mundanos e sem deixar que seus interesses mundanos afetem seus interesses na outra vida. Se houver um conflito entre os atos de adoração que foram ordenados por Allah e seu trabalho para ganhar a vida neste mundo, então ele deve resolver isso para que possa cuidar de ambos. No exemplo mencionado na pergunta, ele pode fazer da noite seu tempo para executar seu trabalho para ganhar a vida, e se isso não for possível, ele deve tirar uma licença de seu trabalho durante o mês de Ramadan, mesmo que isso seja sem remuneração. Se isso não for possível, então ele deve procurar outro emprego onde possa combinar os dois deveres, onde seus deveres mundanos não afetem seus deveres para com a outra vida. Existem muitos tipos de trabalho e as formas de ganhar dinheiro não se limitam a esse tipo de trabalho difícil. O muçulmano nunca ficará sem meios permissíveis de ganhar a vida, meios que também lhe permitirão cumprir os deveres e atos de adoração que Allah lhe ordenou, insha’Allah.

“E quem teme a Allah, Ele lhe fará saída digna, e lhe dará sustento, por onde não suporá. E quem confia em Allah, Ele lhe bastará. Por certo, Allah atinge o que quer de Sua ordem, Allah fez para cada coisa uma medida.” [al-Talaaq 65:2-3]

Se presumirmos que ele não pode encontrar outro trabalho, além deste mencionado, que está causando tanta dificuldade e receio de que os regulamentos de trabalho possam ser tão rígidos que ele não possa praticar sua religião plenamente ou cumprir alguns de seus deveres, então ele deve – por causa de sua religião – fugir daquela terra para uma outra onde será capaz de cumprir seus deveres religiosos e mundanos, e cooperar com outros muçulmanos em retidão e piedade. A terra de Allah é espaçosa. Allah diz (interpretação do significado):

“E quem emigra, no caminho de Allah, encontrará, na terra, bastante abrigo e prosperidade” [al-Nissa' 4:100]

Dize: "Ó servos Meus, que credes! Temei a vosso Senhor. Para os que praticam o bem, nesta vida, há algo de bom. E a terra de Allah é ampla. Apenas, os que pacientam serão recompensados, sem conta, com seus prêmios." [al-Zumar 39:10]

Se nenhuma dessas opções é possível e ele for forçado a fazer o tipo de trabalho árduo mencionado na pergunta, então ele deve jejuar até começar a sentir que não está mais conseguindo lidar, assim deve comer e beber apenas o suficiente para mantê-lo em movimento, em seguida, abster-se de comer e beber, e deve compensar durante os dias em que for fácil para ele jejuar. Fim da citação.

Fataawa al-Lajnah al-Daa'imah li'l-Buhuth al-'Ilmiyah wa'l-Ifta, 10/234-236.

Eles também foram questionados sobre um homem que trabalha em uma padaria, fica com muita sede e transpira no trabalho. É permitido que ele quebre o jejum?

Eles responderam:

Não é permitido que ele quebre o jejum; ao contrário, ele deve jejuar. O fato de estar assando durante o dia no Ramadan não é uma desculpa para interromper o jejum. Ele tem que trabalhar de acordo com o que for capaz de fazer. Fim da citação.

Fataawa al-Lajnah al-Daa'imah li'l-Buhuth al-'Ilmiyah wa'l-Ifta, 10/238.

E Allah sabe melhor.

A Fonte: Islam Q&A