Sábado 7 Muharram 1446 - 13 Julho 2024
Portuguese

Uma mulher, cujo jejum foi quebrado pela menstruação no Ramadan, pode comer?

Pergunta

Quando uma mulher está em seu período menstrual, é bem sabido que ela não pode jejuar. É permitido que ela coma durante o dia no Ramadan? Existem quaisquer diretrizes?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Quanto às mulheres menstruadas ou com sangramento pós-parto que se purificam durante o dia no Ramadan (ou seja, o sangramento para), e quanto a um viajante que chega ao seu destino, e quanto a uma pessoa doente que parou de jejuar se recupera, nenhum deles ganha nada ao abster-se de continuar comendo durante o dia. Eles quebraram o jejum por um motivo, e privá-los de comer é uma questão que requer um texto shar'i como evidência.

Shaikh Ibn ‘Uthaimin (que Allah tenha misericórdia dele) foi questionado:

Se uma mulher menstruada ou com sangramento pós-parto se tornar pura durante o dia no Ramadan (ou seja, o sangramento parar), ela deve abster-se de comer e beber?

Ele respondeu:

Se uma mulher que está menstruada ou sangrando após o parto se tornar pura durante o dia no Ramadan, ela não precisa se abster de comer e beber, ao contrário, pode comer e beber, porque abster-se de fazê-lo não a beneficiará de forma alguma, já que ela terá que compensar aquele dia de qualquer maneira. Esta é a visão de Maalik e ash-Shaafa'i, e é uma das duas visões narradas pelo Imam Ahmad. Foi narrado que Ibn Mas'ud (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: “Quem quer que coma no início do dia, que coma no final”, ou seja, se lhe for permitido não jejuar no início do dia, é permitido que não jejue ao final dele. Fim da citação.

Majmu’ Fataawa ash-Shaikh Ibn ‘Uthaimin, 19/pergunta n° 59.

Quanto às orientações sobre isso:

Alguns dos estudiosos disseram que aqueles que têm permissão para não jejuar no Ramadan, como os doentes, viajantes e mulheres menstruadas, não devem mostrar que não estão jejuando, para não serem acusados de falta de compromisso religioso pelos que não sabem que eles estão dispensados.

Outros são da opinião de que, se o motivo da desculpa for óbvio, não há nada de errado em mostrar que não estão jejuando, mas se o motivo for invisível, eles devem quebrar o jejum em segredo. A segunda visão é mais correta.

Al-Mardaawi disse em al-Insaaf (7/348):

Al-Qaadi disse: Aquele que come abertamente no Ramadan deve ser denunciado, mesmo que haja uma razão. Foi dito em al-Furu’: “Parece que não é permitido em nenhum caso.” Foi dito a Ibn ‘Aqil: Os viajantes, as mulheres doentes e menstruadas devem ser impedidos de quebrar seu jejum abertamente para não serem acusados? Ele disse: “Se a razão não é visível, eles não devem ser autorizados a quebrar o jejum abertamente, como alguém que está doente sem sinais aparentes de doença e um viajante que não apresenta sinal de viagem.” Fim da citação.

E Allah sabe mais.

A Fonte: Islam Q&A