Sábado 14 Muharram 1446 - 20 Julho 2024
Portuguese

Eu sempre faço Istighfar, mas não vejo nenhum benefício

Pergunta

Sou um homem jovem e comprometido religiosamente e rezo constantemente por perdão, todos os louvores são para Allah, Glorificado e Exaltado seja, que diz em Seu Livro (interpretação do significado):
“E disse: 'Implorai perdão a vosso Senhor - por certo, Ele é Perdoador'. Ele enviará do céu, sobre vós, chuva em abundância, E vos estenderá riquezas e filhos, e vos fará jardins, e vos fará rios”  [Nuh 71:10-12].
Mas não fui abençoado com filhos e normalmente não chove. Por que isso?

Resumo da Resposta

Se uma pessoa que está pedindo perdão vivencia o atraso na chegada de um filho ou na ocorrência de chuva, não é apropriado que ela pense negativamente em seu Senhor, Exaltado seja. Em vez disso, ela deve refletir e pensar negativamente sobre si mesma, pois talvez ela esteja suplicando por perdão sem o devido foco e humildade, ou esteja apenas fingindo que reza por perdão, e isso é um obstáculo para que sua oração por perdão seja respondida. Ou talvez quem está suplicando por perdão tenha alguns pecados que negligencia e não tenha se arrependido deles.

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Benefícios do Istighfar

Está comprovado nos textos religiosos que suplicar por perdão é um meio de ter uma vida boa neste mundo, receber riquezas e filhos, e vir chuva.

Allah, glorificado e exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“Não adoreis senão a Allah. Por certo, sou dEle, para vós, admoestador e alvissareiro. E implorai perdão a vosso Senhor; em seguida, voltai-vos arrependidos para Ele. Ele vos fará gozar belo gozo, até um termo designado e concederá Seu favor a cada merecedor de favor; mas, se voltais as costas, por certo, temo por vós, o castigo de um grande dia.” [Hud 11:2-3]

O exegeta Shaikh Muhammad Al-Amin Ash-Shinqiti (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

“Este versículo indica que suplicar para Allah, Exaltado seja, por perdão e arrepender-se do pecado é um meio d’Ele conceder boa provisão por um período específico, porque Ele proporciona isso em consequência da oração por perdão e arrependimento, como recompensa pelo cumprimento dessa condição.

Parece que o que se entende por “gozar belo gozo” é gozar de provisão abundante, uma vida de conforto e bem-estar neste mundo. E o que se entende por “termo designado” é a morte. Isso é indicado pelo que Allah, Exaltado seja, nos diz nesta Surata sobre as palavras de Seu Profeta Hud (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele):

"E ó meu povo! Implorai perdão a vosso Senhor; em seguida, voltai-vos arrependidos para Ele. Ele vos enviará a chuva em abundância e vos acrescentará força à vossa força. E não volteis as costas, em sendo criminosos.” [Hud 11:52].

E Ele, exaltado seja, nos fala sobre Nuh (interpretação do significado):

“E disse: 'Implorai perdão a vosso Senhor - por certo, Ele é Perdoador' - Ele enviará do céu, sobre vós, chuva em abundância,' E vos estenderá riquezas e filhos, e vos fará jardins, e vos fará rios.” [Nuh 71:10-12].

E Ele, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“A quem faz o bem, seja varão ou varoa, enquanto crente, certamente, fá-lo-emos viver vida benigna. E Nós recompensá-los-emos com prêmio melhor que aquilo que faziam.” [An-Nahl 16:97]

“Será que os habitantes das cidades estão seguros de que lhes não chegará Nosso suplício, durante a noite, enquanto dormem?” [Al-A `raf 7:96]

“E, se houvessem observado a Torá e o Evangelho e o que, de seu Senhor, fora descido, para eles, haveriam desfrutado os bens acima deles e debaixo de seus pés.” [Al-Ma'idah 5:66]

“E quem teme a Allah, Ele lhe fará saída digna, E lhe dará sustento, por onde não suporá.” [At-Talaq 65:2-3]

E há muitos versículos semelhantes." (Adwa’ Al-Bayan 3/11-12)

É apropriado pensar negativamente em Allah se você não percebe os benefícios do Istighfar?

Se uma pessoa que está pedindo perdão vivencia o atraso na chegada de um filho ou na ocorrência de chuva, não é apropriado que ela pense negativamente em seu Senhor, Exaltado seja. Em vez disso, ela deve refletir e pensar negativamente sobre si mesma, pois talvez esteja suplicando por perdão sem o devido foco e humildade, ou esteja apenas fingindo que reza por perdão, e isso é um obstáculo para que sua oração por perdão seja respondida.

Allah, Exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“Invocai a vosso Senhor, humilde e secretamente. Por certo, Ele não ama os agressores. E não semeeis a corrupção na terra, depois de reformada. E invocai-O, com temor e aspiração. Por certo, a misericórdia de Allah está próxima dos benfeitores. [Al-A`raf 7:55-56]

Abu Hurairah (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Invoque Allah em súplica enquanto tiver certeza de uma resposta, e entenda que Allah não responderá à súplica de alguém cujo coração esteja distraído e desatento.” (Narrado por At-Tirmidhi, 3479; classificado como autêntico por Shaikh Al-Albani em Sahih At-Targhib wa’t-Tarhib, 2/286)

Ou talvez aquele que está suplicando por perdão tenha alguns pecados que negligenciou e não tenha se arrependido ou buscado o perdão de Allah para eles.

Além disso, parte do credo muçulmano é crer que Allah, Exaltado seja, é perfeito em Sua justiça, de modo que Ele não prejudica uma pessoa ao tirar até mesmo o peso de um átomo do bem que ela fez. Ele também é perfeito em Sua sabedoria, portanto, aquele que busca perdão deve pensar positivamente em seu Senhor e não se opor à Sua sabedoria.

Allah, Exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“Ele não é interrogado, acerca do que faz, enquanto eles serão interrogados.” [Al-Anbiya’ 21:23]

Shaikh Al-Islam Ibn Taimiyah (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

“Ele, Glorificado seja, é o Criador, Senhor e Soberano de todas as coisas, e tem grande sabedoria naquilo que cria; d’Ele vêm todas as bênçãos que desfrutamos e Sua misericórdia abrange tudo em geral, enquanto Ele também seleciona alguns para Sua misericórdia especial. Ele não deve ser questionado sobre o que faz, mas as pessoas serão questionadas. Isto não é apenas por causa de Seu poder e força, mas sim, pela natureza perfeita de Seu conhecimento, Seu poder, Sua misericórdia e Sua sabedoria." (Majmu’ Al-Fatawa 8/79)

Talvez a demora na chegada de um filho ou da chuva seja algo bom para a pessoa; talvez mantê-la no caminho reto exija privá-la de algumas conveniências mundanas.

Ibn Al-Qayyim (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

“O que é contrário ao contentamento pelo decreto de Allah é insistir que Ele faça algo, acreditando que Ele deveria lhe dar o que você está pedindo e o que você deseja, quando você não sabe se isso O agrada ou não. Isto é como alguém que insiste que o seu Senhor lhe dê certa posição de autoridade, ou o torne rico, ou satisfaça as suas necessidades. Isto é contrário ao contentamento com Seu decreto, porque a pessoa não tem certeza de que aquilo é algo que agrada ao Senhor.” (Madarij As-Salikin 3/2033)

Ibn Al-Jawzi (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

“A pessoa sábia deve ficar satisfeita se o que pedir em sua súplica não for concedido, pois se ela oferece súplica e pede o que está buscando, então esta súplica é um ato de adoração a Allah. Dessa forma, se lhe for concedido o que buscava, deveria agradecer, e se não lhe for concedido o que deseja, ela não deveria persistir em buscar aquilo, porque neste mundo não há o propósito de conseguir o que queremos. Ela deveria dizer a si mesma: ‘E quiçá, odieis algo que vos seja melhor. E quiçá, ameis algo que vos seja pior.’ [Al-Baqarah 2:216].” (Said Al-Khatir pág. 625-626)

Além disso, a súplica do muçulmano é sempre boa. Se não lhe for concedido o que pediu neste mundo , talvez algo ruim do qual ele não tenha consciência possa ser afastado dele, ou talvez seja guardado para ele até o Dia da Ressurreição. Então, ele deve louvar a Allah por isso.

Foi narrado por ‘Ubadah ibn As-Samit (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Não há nenhum muçulmano na terra que suplique a Allah, sem que Allah conceda aquilo a ele, ou Allah afastará dele um dano equivalente, a menos que ele ofereça súplicas com o propósito de pecar ou romper laços de parentesco. Um homem disse: “Então deveríamos oferecer muitas súplicas.” Ele respondeu: “Assim Allah lhe concederá mais.” Narrado por At-Tirmidhi (3573), que disse: “Este é um Hadith autêntico com este Isnad (cadeia de transmissão).”

E foi narrado por Abu Sa’id (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Não há nenhum muçulmano que ofereça uma súplica na qual não haja pecado ou ruptura de laços de parentesco, sem que Allah lhe dê uma de três coisas em troca: ou Ele se apressará em lhe conceder que pediu, ou Allah guardará para ele no futuro, ou Allah lhe evitará um dano equivalente.” Eles disseram: Então deveríamos oferecer muitas súplicas. Ele respondeu: “Assim Allah lhe concederá mais.” (Narrado pelo Imam Ahmad em Al-Musnad, 17/213; Shaikh Al-Albani disse: “É autêntico, como observado em Sahih At-Targhib wa’t-Tarhib, 2/278).

E Allah sabe mais.

A Fonte: Islam Q&A