Sábado 3 Dhu Al-Hijjah 1443 - 2 Julho 2022
Portuguese

A razão pela qual o jejum é prescrito

Pergunta

Qual é a razão pela qual o jejum é prescrito?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar, devemos notar que um dos nomes de Allah é al-Hakim (o Sapientíssimo). A palavra Hakim é derivada da mesma raiz que hukm (governo) e hikmah (sabedoria). Somente Allah é Aquele que emite regras, e Suas regras são as mais sábias e perfeitas.

Em segundo lugar:

Allah não prescreve nenhuma regra, sem que haja uma grande sabedoria por trás dela, algo que possamos entender, do contrário, nossas mentes não seriam guiadas para entendê-la. Podemos saber um pouco disso, mas muito está escondido de nós.

Em terceiro lugar:

Allah mencionou a razão e a sabedoria por trás de Sua ordem de jejuar, como Ele diz (interpretação do significado):

“Ó vós que credes! É-vos prescrito o jejum, como foi prescrito aos que foram antes de vós, para serdes piedosos.”

[al-Baqarah 2:183]

O jejum é um meio de alcançar taqwa (piedade, estar consciente de Allah), e taqwa significa fazer o que Allah ordenou e evitar o que Ele proibiu.

O jejum é um dos maiores meios de ajudar uma pessoa a cumprir os mandamentos do Islam.

Os estudiosos (que Allah tenha misericórdia deles) mencionaram algumas das razões pelas quais o jejum é prescrito, todas são características da taqwa, mas não há nada de errado em citá-las aqui, para chamar a atenção dos jejuadores a respeito delas e fazer com que anseiem por alcançá-las.

Entre as razões por trás do jejum estão:

1 – O jejum é um meio que nos faz apreciar e agradecer os prazeres. Pois jejuar significa deixar de comer, beber e ter relações sexuais, que estão entre os maiores prazeres. Ao abrir mão deles por um curto período de tempo começamos a apreciar seu valor. Porque as bênçãos de Allah não são reconhecidas, mas quando você se abstém delas, começa a reconhecê-las, assim, isso nos motiva a ser grato por elas.

2 – O jejum é um meio de desistir das coisas haraam, porque se uma pessoa pode desistir das coisas halaal para agradar a Allah e por medo de Seu tormento doloroso, então estará mais propenso a se abster das coisas haraam. Dessa forma, o jejum é um meio de evitar as coisas que Allah proibiu.

3 – O jejum nos permite controlar nossos desejos, porque quando uma pessoa está cheia, seus desejos crescem, mas se ela está com fome, seu desejo enfraquece. Por isso o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Ó jovens! Quem de vós puder se dar ao luxo de se casar, que o faça, pois é mais eficaz para baixar o olhar e proteger a castidade. Quem não puder fazer isso, jejue, pois isso será um escudo para si”.

4 – O jejum nos faz sentir compaixão e empatia pelos pobres, porque quando o jejuador sente a dor da fome por um tempo, ele se lembra daqueles que estão nessa situação o tempo todo, então se apressará em praticar bons atos e mostrar compaixão para com eles. Portanto, o jejum é um meio de sentir empatia para com os pobres.

5 – O jejum humilha e enfraquece o Shaitan; enfraquece os efeitos de seus sussurros (waswaas) em uma pessoa e reduz seus pecados. Porque o Shaitan “flui através do filho de Adão como sangue” como o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse, mas o jejum estreita as passagens pelas quais o Shaitaan flui, então sua influência diminui.

Shaikh al-Islam disse em Majmu’ al-Fataawa, 25/246

Sem dúvida, o sangue é criado a partir de comida e bebida, então quando uma pessoa come e bebe, as passagens pelas quais os demônios fluem – que é o sangue – se alargam. Mas se uma pessoa jejua, as passagens pelas quais os demônios fluem se tornam estreitas, então os corações são motivados a praticar boas ações e a desistir das más ações.

6 – O jejuador está treinando a si mesmo para lembrar que Allah está sempre observando, então ele desiste das coisas que deseja mesmo que seja capaz de tomá-las, porque sabe que Allah pode vê-lo.

7 – Jejuar significa desenvolver uma atitude de ascetismo em relação a este mundo e seus desejos, e buscar o que está com Allah.

8 – Faz com que o muçulmano se acostume a praticar muitos atos de adoração, porque o jejuador costuma praticar mais atos de adoração e se acostuma com isso.

Estas são algumas das razões pelas quais o jejum é recomendado. Pedimos a Allah que nos ajude a alcançá-las e a adorá-Lo adequadamente.

E Allah sabe melhor.

Consulte Tafsir al-Sa'di, pág. 116; notas de rodapé de Ibn al-Qayyim sobre al-Rawd al-Murabba', 3/344; al-Mawsu’ah al-Fiqhiyyah, 28/9.

A Fonte: Islam Q&A