Domingo 8 Muharram 1446 - 14 Julho 2024
Portuguese

Completando o Alcorão no Ramadan

Pergunta

Podemos entender, pelo fato de que Jibril (que a paz esteja sobre ele) revisou todo o Alcorão com o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) no Ramadan, que é preferível completar o Alcorão (durante o mês)?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

E que a paz e as bênçãos estejam com o Mensageiro de Allah.

O que pode ser entendido disso é que devemos estudar o Alcorão, e que estudar o Alcorão é útil e benéfico, porque o Mensageiro (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) o revisou com Jibril, com a intenção de estuda-lo e se beneficiar dele. Jibril foi quem o trouxe de Allah e foi o “embaixador” entre Allah e os Mensageiros, então, sem dúvida, Jibril seria capaz de ensinar ao Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) como recitar o Alcorão e entender o significado de seus versículos.

Dessa forma, se uma pessoa estuda o Alcorão com alguém que pode ajudá-la a entendê-lo e recitá-lo, isso é o suficiente; assim como o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) estudou com Jibril. Isso não significa que Jibril seja melhor do que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), mas Jibril foi o Mensageiro que veio de Allah e transmitiu ao Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) aquilo que Allah lhe ordenou que transmitisse do Alcorão, de suas palavras e significados. Assim, o Mensageiro (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) se beneficiou de Jibril dessa forma. Mas, isso também não indica que Jibril seja superior a ele (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele), ao contrário, ele é o melhor dentre toda a humanidade e superior aos anjos (que a paz esteja sobre eles). Este ensinamento trouxe muito bem ao Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) e à ummah, porque era o estudo daquilo que havia sido trazido de Allah, para que ele pudesse se beneficiar daquilo que havia sido trazido de Allah.

Há também outra lição a ser aprendida: que estudar à noite é melhor do que durante o dia, pois essa revisão ocorreu à noite, e sabe-se que à noite o coração está mais focado e pode se beneficiar mais do estudo do que poderia durante o dia. Outro benefício é o fato de o estudo ser prescrito e ser uma ação justa, mesmo fora do Ramadan, pois traz benefícios para ambas as partes; se houver mais de duas pessoas, isto é ótimo, porque cada um pode se beneficiar do seu irmão e incentivá-lo a ler. Uma pessoa pode não se interessar em ler se estiver sentada sozinha, mas se houver alguém para estudar com ela, ou outros companheiros, isso será mais eficaz para incentivá-la a ler. Há também o grande benefício que todos terão em discutir coisas que não entenderam, etc... tudo isso traz muitas coisas boas.

Também pode ser entendido a partir disso que, para o Imam, recitar todo o Alcorão para a congregação no Ramadan é uma espécie de estudo conjunto, porque dessa forma eles podem se beneficiar ao ouvir todo o Alcorão. Consequentemente, Imam Ahmad (que Allah tenha misericórdia dele) costumava incentivar aquele que os conduzia nas orações (tarawih) que completasse todo o Alcorão (durante o mês). Isso é semelhante às ações dos Salaf que adoravam ouvir todo o Alcorão. Mas isso não deve nos apressar na leitura do Alcorão, ao contrário, devemos nos sentir humildes e à vontade ao lê-lo; prestar atenção nele é mais importante do que pensar em completa-lo.

A Fonte: Majmu’ Fataawa wa Maqaalaat Mutanawwi’ah li Samaahat al Shaykh Ibn Baaz 15/324