Segunda-feira 19 Rabi' Al-Awwal 1443 - 25 Outubro 2021
Portuguese

Ela pretendia oferecer um udhiyah, mas mudou de ideia; ela pode fazer isso?

Pergunta

Qual é a regra sobre mudar de ideia quanto a oferecer um udhiyah após intencionar fazê-lo, no terceiro dia do Hajj? Isso se deu porque é difícil para ela escolher o udhiyah e abatê-lo sozinha, e ela não tem nenhum mahram que possa ajudá-la.

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar:

O princípio básico com relação ao udhiyah é que ele é Sunnah e um dos símbolos visíveis do Islam, o que é fortemente encorajado. Na verdade, alguns estudiosos consideram que é obrigatório àqueles que podem pagar. Para obter mais informações, consulte a resposta à pergunta n° 36432 .

Em segundo lugar:

Uma vez que seja estabelecido que o udhiyah é Sunnah, se uma pessoa pretende oferecer um udhiyah, então cancela essa intenção, não há culpa sobre ela por mudar de ideia, a menos que ela tenha especificado o animal que iria abater dizendo "este é um udhiyah” ou palavras nesse sentido, o que o marcaria como um udhiyah. Nesse caso, a pessoa tem que abatê-lo e não é permitido que ela mude de ideia, porque o animal deixou de ser sua propriedade quando foi especificado como um udhiyah.

Se a pessoa o comprou com a intenção de oferecer um udhiyah, mas não o especificou como tal dizendo “este é um udhiyah”, então há uma divergência de opinião acadêmica quanto a se esta pessoa deve abatê-lo ou não. A visão correta é que ela não precisa fazer isso, o que é semelhante ao caso se ela pretendesse designar sua casa como um waqf (dotação islâmica), então muda de ideia; não há culpa sobre isso. O mesmo se aplica no caso do udhiyah. Ver al-Mughni (9/353); al-Majmu’ (8/402); ash-Sharh al-Mumti’ (7/466)

Como você ainda não comprou nenhum animal para oferecer como udhiyah, muito menos para designá-lo como tal, então você não é obrigada a oferecer um udhiyah com base em uma mera intenção.

Não é essencial que um mahram escolha o udhiyah e abata-o em seu lugar; ao contrário, se você nomear uma pessoa confiável para fazer isso, ou uma organização de caridade, então isso seria possível e, dessa forma, você obteria a recompensa, insha’Allah.

E Allah sabe melhor.

A Fonte: Islam Q&A