Domingo 15 Muharram 1446 - 21 Julho 2024
Portuguese

Existe uma oração específica para aumentar a provisão?

Pergunta

“Você reza duas rak’aat, recitando em cada rak'ah al-Hamd (isto é, al-Fatihah) uma vez e at-Tawhid (isto é, al-Ikhlaas) uma vez, fazendo a reverência e a prostração demoradas. Depois de terminar a oração, diga: 'Ó Mais Glorioso, ó Único, ó Generoso, eu me volto para Ti em virtude de Muhammad, Seu Profeta, o Profeta da misericórdia, (as bênçãos de Allah estejam sobre ele e sua família); Ó Muhammad, ó Mensageiro de Allah, eu me volto em virtude de ti para Allah, meu Senhor e seu Senhor, o Senhor de todas as coisas. Peço-te, ó Allah, que envies bênçãos a Muhammad e aos membros de sua família, e peço-te um sopro de Tua misericórdia, alívio rápido e provisão abundante, para que eu possa colocar meus negócios em ordem, pagar minhas dívidas e sustentar meus dependentes.”

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar:

Na Sunnah sahiha não há nenhuma oração conhecida especificamente para pedir maior provisão. A oração descrita na pergunta com esta duaa’ (súplica) é uma oração inovadora; vem sob o título de prescrever na religião algo que Allah não prescreveu e introduzir inovação (bid'ah), o que é proibido.

Al-Haafiz Ibn Kathir (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Ahl as-Sunnah wa'l-Jamaa'ah diz sobre qualquer ação ou palavra que não seja comprovada pelos Sahaabah que é uma inovação (bid'ah), porque se fosse algo bom, eles o teriam feito antes de nós. Eles não omitiram nenhum bom atributo, ao contrário, eles se apressaram em fazê-lo ou alcançá-lo." (Tafsir Ibn Kathir, 7/278-279)

Shaikh Saalih al-Fawzaan (que Allah o preserve) disse:

As inovações que foram introduzidas na área da adoração hoje em dia são muitas. Mas o princípio básico com relação aos atos de adoração é tawqif [isto é, eles só podem ser conhecidos por meio da Revelação Divina e textos autênticos de ahadith, sem espaço para opinião pessoal], portanto, nenhum ato de adoração é prescrito, exceto com base em evidências. Qualquer coisa para a qual não haja evidência é uma inovação (bid'ah), porque o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Quem praticar uma ação que não seja parte deste nosso assunto, ela será rejeitada. ” (Muttafac alaihi). Os atos de adoração que são feitos hoje em dia para os quais não há evidências são muitos." (Kitaab at-Tawhid, p. 160)

Em segundo lugar:

As palavras do adorador nesta duaa’ após esta oração inovadora, “Eu me volto para Ti em virtude de Muhammad, Seu Profeta, o Profeta da misericórdia, (as bênçãos de Allah estejam sobre ele e sua família); Ó Muhammad, ó Mensageiro de Allah, eu me volto em virtude de ti para Allah…” são palavras que não são permitidas e vêm sob o título de tawassul (meio de buscar se aproximar de Allah) inovador, que é proibido.

Para mais informações sobre tawassul, tanto prescrito quanto proibido, consulte a resposta à pergunta n° 3297.

Qualquer um que invoque o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) após sua morte, ou que invoque qualquer outro entre os mortos para evitar danos ou trazer benefícios é um mushrik que associou outra pessoa a Allah no sentido do shirk (politeísmo) maior, e isto tira a pessoa do Islam, e ela tem que se arrepender diante de Allah, Exaltado seja.

Em terceiro lugar:

Existem alguns meios de aumentar a provisão prescritos no Islam, os quais destacaremos aqui, portanto, vamos adotar os meios prescritos e alertar contra inovações na religião. Esses incluem:

  • Istighfaar (suplicar por perdão)

Allah, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“E disse: 'Implorai perdão a vosso Senhor - por certo, Ele é Perdoador. Ele enviará do céu, sobre vós, chuva em abundância, e vos estenderá riquezas e filhos, e vos fará jardins, e vos fará rios.” [Nuh 71: 10-12].

  • Manter os laços de parentesco

Al-Bukhari (2067) e Muslim (2557) narraram de Anas ibn Maalik (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Quem quiser que seu rizq (provisão) seja aumentado e sua vida estendida, deve sustentar os laços de parentesco”.

An-Nawawi (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

“Que seu rizq (provisão) seja aumentado” significa ser expandido e abundante ou, foi dito, ser abençoado (barakah). Fim da citação.

  • Fazer muita caridade

Allah, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“Dize: "Por certo, meu Senhor prodigaliza o sustento a quem quer, de Seus servos, e restringe-lho. E o que quer que despendais, Ele vo-lo restituirá. E Ele é O melhor dos sustentadores.” [Saba’ 34:39].

Muslim (2588) narrou de Abu Hurairah (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “A caridade não diminui a riqueza.”

An-Nawawi (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Eles (os estudiosos) mencionaram dois significados deste hadith, um dos quais é que (a riqueza) será abençoada (como resultado de dar caridade) e o prejuízo será afastado dela, então a aparente diminuição será compensada por meio de bênção oculta (barakah). Isso é algo bem conhecido por experiência. A segunda é que, mesmo que pareça ter diminuído externamente, haverá compensação por isso na recompensa que resulta, e esta aumentará muito. Fim da citação.

  • Estar atento a Allah e temê-LO (taqwa)

Allah, exaltado seja, diz (interpretação do significado):

“E quem teme a Allah, Ele lhe fará saída digna, e lhe dará sustento, por onde não suporá. E quem confia em Allah, Ele lhe bastará.” [al-Talaaq 65:2-3].

  • Realizar o Hajj e 'Umrah frequentemente, seguindo um com o outro

At-Tirmidhi (810) narrou que 'Abdullah ibn Mas'ud (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: O Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Faz o Hajj e a 'Umrah seguirem um ao outro de perto, pois eles removem a pobreza e os pecados, assim como o fole remove a escória de ferro, ouro e prata. E um Hajj aceito não traz menos recompensa do que o Paraíso”. Foi classificado como sahih por al-Albani.

  • Duaa’ (súplica)

Foi narrado por Ibn Maajah (925) de Umm Salamah (que Allah esteja satisfeito com ela) que o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava dizer, quando dizia o salam no final da oração do Fajr: “Allahumma inni as'aluka 'ilman naafi'an, wa rizqan tayyiban, wa 'amalan mutaqabbalan (Ó Allah, peço-te conhecimento benéfico, boa provisão (halal) e boas ações aceitas).” Classificado como sahih por al-Albani em Sahih Ibn Maajah.

E Allah sabe mais.

A Fonte: Islam Q&A