Quarta-feira 19 Muharram 1444 - 17 Agosto 2022
Portuguese

Ela recentemente se tornou muçulmana e está perguntando sobre um guardião (wali) para o casamento

Pergunta

Sou filha de mãe e pai cristãos. Eu nasci como cristã, mas – louvado seja Allah – declarei meu Islam há algum tempo. Minha mãe faleceu e ela era cristã. Meu pai me trata muito mal e me renegou não oficialmente, porque declarei meu Islam. Agora estou estudando em uma universidade e moro com alunos cristãos. Eu não comecei a usar o hijab até agora, por causa da minha situação difícil. Isso é haram? Também quero perguntar: se um jovem me pede em casamento de acordo com o caminho de Allah e Seu Mensageiro, é permitido pedir a uma família muçulmana que atue como minha guardiã em relação ao casamento e outros assuntos?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Todos os louvores são para Allah, exaltado seja, por guiá-la ao Islam e abrir seu coração à fé, e pedimos a Ele para torná-la constante e guiá-la em todos os seus assuntos religiosos e mundanos.

O Hijab é obrigatório para todas as mulheres muçulmanas, portanto, esforce-se para usá-lo da melhor maneira possível, mesmo que seja apenas fora da universidade.

Para que o contrato de casamento seja válido, deve ser feito pelo tutor da mulher (wali), que é seu pai, depois seu avô, depois seu irmão e outros parentes do sexo masculino, desde que sejam muçulmanos. Se uma mulher não tiver um tutor muçulmano, o qaadi (juiz) muçulmano deve fazer seu contrato de casamento. Se não houver um juiz muçulmano, então, pode fazê-lo o imam do centro islâmico ou uma figura semelhante que seja considerada em alta conta entre os muçulmanos. Se não houver tal pessoa, então qualquer homem muçulmano pode fazer o contrato de casamento por ela (agindo como seu guardião – wali).

Para obter mais informações, consulte a resposta à pergunta n° 48992 .

Resumindo: no que diz respeito ao seu casamento, quem pode agir como tutor no seu caso é o diretor do centro islâmico, ou uma figura pública entre os muçulmanos que é tida em alta conta onde você está. Se isso não for possível, então um homem muçulmano de bom caráter pode preencher esse papel, vindo da família que você mencionou ou de outra forma.

Com relação ao seu hijab, esforce-se para observá-lo com o melhor de sua capacidade, e tudo o que você não puder fazer, Allah a perdoará por Sua graça e bondade, pois Allah não sobrecarrega uma alma com mais do que ela pode carregar. Mas, tente mudar a situação que a está impedindo de praticar sua religião abertamente.

Pedimos a Allah para abençoá-la com um marido justo e uma descendência justa.

E Allah sabe melhor.

A Fonte: Islam Q&A