Domingo 11 Dhu Al-Qa'dah 1445 - 19 Maio 2024
Portuguese

Como ele deve administrar sua riqueza e como pode obter lucro sem incorrer na ira de Allah?

Pergunta

Há um homem a quem Allah concedeu a bênção da riqueza. Como ele deve lidar com isso? Como ele deveria colocar essa riqueza para trabalhar? Como ele pode protegê-la e aumentá-la sem incorrer na ira de Allah?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar:

A riqueza pode ser uma bênção se for usada para propósitos que agradem a Allah e para ajudar alguém a obedecer a Allah. Pode ser uma calamidade se for usada para propósitos malignos, se tornar alguém orgulhoso e arrogante, ou se distrai-lo da obediência e recordação de Allah.

Portanto, há advertências sobre a fitnah (tentação) da riqueza, porque geralmente leva a pessoa a transgredir e esquecer (o Doador), e são poucos os que dão a Allah, exaltado seja, Seus direitos a respeito disso. Allah, exaltado seja, diz, explicando que os testes podem vir na forma de coisas boas e bênçãos, assim como podem vir na forma de coisas ruins e calamidades (interpretação do significado):

“... E pôr-vos-emos à prova, com o mal e com o bem, à guisa de tentação. E a Nós sereis retornados.” [al-Anbiya' 21:35].

E o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Por Allah, não é a pobreza que temo por vós, mas o que temo por vós é que as riquezas mundanas possam vos ser dadas como foram dadas àqueles que vieram antes de vós, e competiríeis por isto uns com os outros como eles competiram entre si, e seríeis destruídos como eles foram destruídos.”

Narrado por al-Bukhari (4015) e Muslim (2961).

Muslim (2742) narrou de Abu Sa’id al-Khudri (que Allah esteja satisfeito com ele) que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Este mundo é doce e verde, e nele Allah fará de vós sucessivas gerações, então olhai para o que vós fazeis. Cuidado com este mundo e cuidado com as mulheres, pois a primeira fitnah (tentação) entre os Filhos de Israel teve a ver com as mulheres”.

Quem quer que Allah, exaltado seja, permita ganhar riqueza de fontes lícitas e gastá-la de maneira apropriada, e se esforçar para usá-la em atos de obediência e atos que aproximem a pessoa de Allah, então, em seu caso, a riqueza será uma bênção, e esta pessoa merece ser invejada por isso (no bom sentido), como disse o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele): “Quão boa é a riqueza legítima para um homem justo.” Narrado por Ahmad (17096); classificado como sahih por al-Albaani em Sahih al-Adab al-Mufrad (299).

E ele (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Não há motivo para inveja, exceto em dois casos: um homem a quem Allah dá riqueza e o capacita a gastá-la em prol da verdade, e um homem a quem Allah dá sabedoria e ele governa de acordo com ela e a ensina.”

Narrado por al-Bukhari (73) e Muslim (816)

Em segundo lugar:

As maneiras de gastar bem a riqueza são muitas e incluem: construir mesquitas, dar em caridade, patrocinar órfãos e ajudar os doentes e necessitados. Também incluem: trazer felicidade para a família, filhos e parentes; usá-la para realizar o Hajj e 'umrah repetidamente; construir escolas para ensinar a memorização do Alcorão e o conhecimento em geral; conceder empréstimos aos necessitados; dar mais tempo aos devedores que estão com dificuldades para quitar suas dívidas; contribuir para projetos de caridade que beneficiarão a ummah, como canais de satélite sérios, sites benéficos e outras formas de fazer o bem, cujo número ninguém conhece exceto Allah. O que importa é que o doador entenda que sua verdadeira riqueza é aquela que ele dá pela causa de Allah, porque ele encontrará as boas consequências depois que morrer. Quanto à riqueza que ele guarda, não é a sua riqueza no verdadeiro sentido da palavra; ao contrário, é a riqueza de seus herdeiros. Este significado é o que foi narrado por al-Bukhari (6442) de 'Abdullah ibn Mas'ud (que Allah esteja satisfeito com ele) que disse: O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Para qual de vós a riqueza de vosso herdeiro é mais cara do que vossa própria riqueza? Eles responderam: Ó Mensageiro de Allah, não há ninguém entre nós, cuja riqueza lhe seja mais cara. Ele disse: ‘Em verdade, sua riqueza (real) é aquela que ele envia adiante, e a riqueza de seu herdeiro é aquela que ele retém.’”

Em terceiro lugar:

No que diz respeito às formas de fazer o seu patrimônio funcionar e crescer, este é um assunto sobre o qual se deve consultar especialistas, mas podemos dar algumas orientações gerais a respeito, que incluem o seguinte:

1. Perguntar e indagar sobre a permissibilidade da transação ou método de investimento antes de iniciá-la.

2. Ter o cuidado de evitar colocar sua riqueza em bancos baseados em riba e não ser enganado por aqueles que emitem decretos (fatawa) afirmando que isso é permitido, porque riba é uma das causas da ira divina e perda de barakah (bênção), e aquele que se envolve nisso está em guerra contra Allah e Seu Mensageiro.

3. Evitar assuntos duvidosos.

4. Compreender o perigo que a riqueza haraam representa para alguém – a si mesmo, à sua família e à sua descendência.

5. Ser prudente e cuidadoso, e não se deixar enganar por esquemas que pretendem trazer lucros rápidos, sem estudá-los e examiná-los.

6. Ter o cuidado de não desperdiçar esta bênção, confiando-a a quem não se pode confiar.

7. Buscar honestidade, confiabilidade e transparência, evitando enganos e sigilo. Estes estão entre os meios de obter barakah (bênção), obter lucro e recompensa, como disse o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele): “Se elas [as duas partes de uma transação] forem honestas e revelarem quaisquer defeitos, sua transação será abençoada, mas se mentirem e ocultarem defeitos, a bênção de sua transação será apagada”. Narrado por al-Bukhari (2097) e Muslim (1532).

Pedimos a Allah que abençoe sua riqueza e que te permita fazê-la crescer e usá-la de maneiras que agradem a Ele.

E Allah sabe mais.

A Fonte: Islam Q&A