Domingo 7 Rajab 1444 - 29 Janeiro 2023
Portuguese

Evidência de que o sangue é najis (impuro) e o consenso acadêmico sobre isso

Pergunta

Ash-Shawkaani diz: Substâncias impuras incluem: 1. As fezes e urina de humanos, exceto a urina de uma criança do sexo masculino; 2. A saliva de um cão; 3. As fezes de animais que não podem ser consumidos; 4. Sangue menstrual; 5. A carne de porco. Qualquer coisa diferente disso não é najis (impuro), mesmo que as pessoas o considerem imundo, porque não há evidência de que seja haram no Alcorão ou ahaadith, exceto por comê-lo. Minha pergunta é: Qual é a evidência de que o sangue de humanos e outros animais, vivos ou mortos, é impuro? Qual é a visão correta sobre este assunto? Porque os defensores de cada ponto de vista afirmam que sua visão é derivada do Alcorão e da Sunnah. Qual ponto de vista devo seguir?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

O sangue fluindo é impuro de acordo com o consenso acadêmico. Isso é indicado por evidências claras do Alcorão e da Sunnah, incluindo o versículo em que Allah, glorificado e exaltado seja, diz (interpretação do significado):

{Dize: "Não encontro, no que se me revelou, nada de proibido para quem queira alimentar-se, a não ser que seja animal encontrado morto, ou sangue fluido, ou carne de porco – pois é, por certo, impuro – ou perversidade: o animal imolado com a invocação de outro nome que Allah." E aquele que é impelido a alimentar-se disso, não sendo transgressor nem agressor, por certo, teu Senhor é Perdoador, Misericordiador.} [al-A ‘aam 6:145].

Imam at-Tabari (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

“Rijs (traduzido aqui como impuro) é o que é najis e pútrido.” (Jaami' al-Bayaan 8/53).

Com relação às evidências da Sunnah Sahiha, foi narrado que Asma' bint Abi Bakr (que Allah esteja satisfeito com ela) disse: Uma mulher veio ao Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) e disse: O sangue menstrual pode passar para as roupas de qualquer uma de nós; o que se deve fazer com isso? Ele respondeu: “Ela deve arranhá-lo, depois esfregá-lo com água, então, lavá-lo e rezar com aquilo (a roupa)”. Narrado por al-Bukhari (227) e Muslim (291).

Al-Bukhari incluiu este hadith em um capítulo intitulado: Capítulo sobre lavagem de sangue. An-Nawawi o incluiu em um capítulo intitulado: Capítulo sobre a impureza do sangue e como lavá-lo. Embora este hadith fale de sangue menstrual, não há diferença entre um tipo de sangue e outro; todo sangue é da mesma natureza, não importa de onde venha.

Não há divergência de opinião sobre esta regra entre os estudiosos dentre os Sahaabah, o Tabi’in e os quatro imams.

Questionaram o Imam Ahmad sobre sangue, e foi perguntado a ele: pus e sangue são a mesma coisa na sua opinião?

Ele respondeu: “Os estudiosos não divergiram em relação ao sangue, mas divergiram em relação ao pus.” (Sharh 'Umdat al-Fiqh por Ibn Taimiyah 1/105).

Imam an-Nawawi (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Há muitas evidências de que o sangue é impuro, e não conheço nenhuma divergência de opinião sobre isso entre os muçulmanos, exceto o que o autor de al-Haawi narrou, de um dos estudiosos de kalaam, que disse que é puro. Mas, a visão dos estudiosos de kalaam não tem peso quando há consenso e sua visão difere da visão correta, que é a da maioria dos estudiosos de usul entre nossos companheiros e outros, especialmente no que diz respeito a questões de fiqh.” (Al-Majmu’ 2/576).

Um grande número de estudiosos narrou que há um consenso acadêmico de que todos os tipos de sangue são impuros. Mencionamos acima Imam Ahmad e an-Nawawi. Esses estudiosos também incluem: Ibn Hazm em Maraatib al-Ijmaa' (pág. 19); Ibn 'Abd al-Barr em at-Tamhid (22/230); al-Qurtubi em al-Jaami' li Ahkaam al-Qur'an (2/210); Ibn Rushd em Bidayaat al-Mujtahid (1/79); Ibn Hajar em Fath al-Baari (1/352); e outros.

É melhor – de acordo com os ensinamentos islâmicos e a razão – seguir essa visão e aceita-la, já que os estudiosos narraram no nível do tawaatur (que significa que foi narrado por tantos de incontáveis narradores que é inconcebível que todos pudessem concordar com uma mentira). É uma visão baseada em textos claros do Alcorão e da Sunnah. A afirmação de Ash-Shawkaani e daqueles que o seguiram na visão de que o sangue é puro é superada e é contrária à evidência e ao consenso acadêmico. Você não deve deixar essa visão causar confusão, e não é permitido pensar que os estudiosos possam chegar a um consenso sobre algum assunto sem evidência clara e sólida, como alguns buscadores do conhecimento pensam sobre a impureza do sangue e outras questões.

E Allah sabe mais.a

A Fonte: Islam Q&A