Sexta-feira 10 Shawwal 1445 - 19 Abril 2024
Portuguese

É haraam que um homem use seda natural ou se sente ou durma sobre ela

Pergunta

Se minha esposa quiser comprar uma colcha de seda para a cama, posso dormir naquela cama?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Assim como não é permitido a um homem usar seda natural, também não é permitido sentar-se ou dormir sobre ela ou cobrir-se com ela (como um cobertor), por causa do relato narrado por al-Bukhari (5837) de Hudhaifah (que Allah esteja satisfeito com ele) que disse: O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) nos proibiu de usar seda e brocado e sentar sobre eles.

Al-Haafiz Ibn Hajar (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

As palavras “e sentar sobre eles” são uma forte evidência para aqueles que dizem que não é permitido sentar-se em seda, que é a opinião da maioria. Ibn Wahb narrou em seu Jaami' do hadith de Sa'd ibn Abi Waqqaas que disse: Sentar-se em uma brasa viva é mais caro para mim do que sentar em um assento de seda. Fim da citação.

Ibn al-Qayyim (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

Mesmo que não tivéssemos esse texto, a proibição de usá-la ainda incluiria o seu uso em móveis, como também inclui o uso como capas ou cobertores, pois a palavra libs (lit. uso) inclui estes significados em ambos: linguística e conceito shar'i; Anas disse: Fui até um tapete de junco nosso que tinha empretecido pelo uso prolongado (lit. uso). Narrado por al-Bukhari (380) e Muslim (658). Mesmo que a redação geral não implique que a proibição inclua seu uso em móveis, a mera analogia implicaria que era proibido. Fim da citação.

I'laam al-Muwaqqi'in, 2/366

An-nawawi (que Allah tenha misericórdia dele) disse em al-Majmu’, 4/321:

É haraam que um homem use brocado e seda em roupas, ou para se sentar ou reclinar, ou se cobrir com isso (como um cobertor), ou como cortina ou tela, ou qualquer outra forma de uso. Não há divergência de opinião acadêmica sobre qualquer uma dessas coisas, exceto uma visão estranha que foi narrada por ar-Raafi'i, que disse que é permitido para eles sentarem-se nisso. Mas, esta visão é inválida e claramente equivocada e contrária a este hadith sahih. Esta é a nossa opinião. Quanto ao uso, há consenso (que é proibido); com relação a outros usos, Abu Hanifah permitiu, mas Maalik, Ahmad, Muhammad, Dawud e outros concordaram conosco que é proibido. Nossa evidência para isso é o hadith de Hudhaifah. Talvez o motivo da proibição de uso esteja nas outras formas de uso, porque se é proibido usá-la quando há necessidade, então é mais provável que seja proibido em outros casos. Fim da citação.

É dito em al-Mawsu’ah al-Fiqhiyyah, 5/278:

Os fuqaha' concordam unanimemente que é permitido às mulheres usar móveis de seda, mas no caso dos homens, a maioria dos Maalikis, Shaafa'is e Hanbalis são da opinião de que é proibido. Fim da citação.

Shaikh Saalih al-Fawzaan foi questionado: Qual é a regra sobre o uso de cobertores, capas ou móveis feitos de seda? Ele respondeu: Não é permitido que eles usem capas e móveis feitos de seda, porque Allah proibiu isso aos homens. Fim da citação.

Al-Muntaqa min Fataawa al-Fawzaan, 7/95.

Deve-se ressaltar que o que é proibido é a seda natural, não a seda artificial. Para mais informações, consulte a resposta à pergunta n° 30812.

Com base nisso, se esta colcha for feita de seda natural, não é permitido sentar ou dormir sobre ela.

E Allah sabe mais.

A Fonte: Islam Q&A